ISSN 0864-0394
versão impressa
ISSN 2078-8452
versão online

INSTRUÇÕES AOS AUTORES

Alcance e política editorial

A política editorial está encaminhada à publicação de artigos resenha, científicos relacionados com a rama agropecuária. Os artigos são submetidos a arbitragem por pares. Está dirigida aos professionais e técnicos vinculados com a produção de pasto, forragem e outros alimentos para a  produção animal.

Forma e preparação de manuscritos

Presentação

Os trabalhos serão presentados no espanhol e vão-se considerar três tipos de contribuições:

  • Artigo Resenha (12-15 páginas). Presentações relativas a temas significativos de desenvolvimento ou aplicação de sistemas tecnológicos, nos quais o autor consulte a literatura e emita seus critérios.
  • Artigo científico (8-10 páginas). Serão expostos os resultados de investigação ou aplicação de resultados, nas temáticas de interesse para o comité editorial.
  • Nota técnica (5-6 páginas). Serão publicados os resultados preliminais sobre temas de interesse; devem ter a mesma estrutura que um artigo científico.

Envio de manuscritos. Os artigos deverão estar datilografados em processador de texto Microsoft Word e ser enviados por algum meio electrônico (correio electrônico), a duplo espaço e com margens de 2 cm. Estes devem compreender as partes seguintes:

Título. Deve ser conciso, não exceder as 15 palavras.

O nome completo dos autores e a filiação.

Resumo. Não excederão as 250 palavras e deve abarcar o objetivo do trabalho, o método ou desenho experimental, os resultados mais importantes e as conclusões. Serão incluídas 4 ou 5 palavras clave em correspondência com o AGROVOC.

Introdução. Indicar, brevemente, os antecedentes e os objetivos que se perseguem.

Materiais e Métodos. Se sugira o uso de legenda para separar os distintos aspectos desta seção. Indicar, detalhadamente, o desenho e os tratamentos empregados, assim como as condições em que o experimento foi desenvolvido.

Resultados. Devem-se apresentar em forma concisa, com a ajuda de tabelas e/o figuras.

Discussão. Deve incluir os critérios do autor, as conclusões e as recomendações. As citações de outros autores devem ter relação direta com o artigo. Estas devem indicar o autor e o ano; para os trabalhos de mais de um autor, se utiliza o primeiro seguido de et al.

Referências bibliográficas. Devem aparecer ao final do artigo, em orden alfabético pelo sobrenome do autor. Estas incluirão os sobrenomes dos autores, o ano e o título do trabalho (artigo, capítulo, livro, tese, etc.) No caso das publicações periódicas, indicar o título da revista, o volume, o número e a página; as publicações não periódicas incluirão, além disso, a instituição ou casa editora, o país e o total de páginas (ou a primeira páginas si é o capítulo).
Exemplos:

Álvarez, P.A. 2008. Agrosilvicultura. Editorial Félix Varela. La Habana, Cuba. 86 p.

Contino, Y.; Ojeda, F. & Herrera, R. 2008. Evaluación del consumo de morera fresca (Morus alba) en reproductoras porcinas mestizas. Pastos y Forrajes. 31 (4): 293-302

Paretas, J.J.; Rodríguez, Juana & Elías, Arabel. 2007. Pastos y forrajes, arboledas, materias primas y subproductos. En: Crianza animal integrada. Andar de nueva agricultura. (Ed. J.A. Machuca). Editorial Oriente. Santiago de Cuba, Cuba. p. 47-149

Sánchez, Saray. 2007. Acumulación y descomposición de la hojarasca en un pastizal de Panicum maximum Jacq. y en un sistema silvopastoril de P. maximum y Leucaena leucocephala (Lam.) de Wit. Tesis presentada en opción al grado científico de Doctor en Ciencias Agrícolas. Instituto de Ciencia Animal. La Habana, Cuba. 135 p.

Abreviaturas mais utilizadas

  • Ácidos graxos voláteis - AGV
  • O coeficiente de correlação - r
  • Coeficiente de regressão - b
  • Desvio Padrão - DS
  • Energia metabolizável - EM
  • Erro standard - ES
  • Digestibilidade in vitro- DIV
  • Fibra bruta - FB
  • Matéria seca - MS
  • Materia Verde - MV
  • Metros acima do nível do mar - manm
  • Peso vivo - PV
  • Proteína bruta - PB

Devem empregar-se os símbolos do Sistema Internacional de Unidades.

Nomenclatura. A referência nos títulos dos artigos e a primeira menção no texto de espécies de animais e plantas, se expressa por seus nomes científicos, seguidos pelo classificador. Os nomes comuns se utilizarão indistintamente, sempre que a primeira vez estejam acompanhado do nome científico entre parêntese. Exemplo: jiribilla o hierba de línea (Dichanthium caricosum), leucaena o aroma blanca (Leucaena leucocephala).

Aspectos estatísticos

  1. Incluir em Materiais e Métodos uma explicação dos modelos e métodos utilizados no análise estatístico.
  2. Se aplicam-se desenhos clássicos (completamente aleatorizado, blocos ao azar, quadrados latinos, etc.), não é preciso incluir informação sobre o modelo matemático utilizado, somente o nome do desenho e o número de réplicas.
  3. Se aplicam-se desenhos não clássicos, deve- se informar o modelo matemático utilizado (com a explicação correspondente) ou citar ao autor.
  4. Nomear a dócima de comparação múltiplo (Duncan, Scheffé, Tukey, Newman-Keuls, etc.)
  5. Incluir tabelas de análise de variança somente quando oferecem informação adicional importante.
  6. As tabelas de médias (com seus ES) devem resumir a informação que existe. Não incluir dados originais, exceto nos casos requeridos.
  7. Quando se representam as dócimas de comparação múltiplo, podem-se incluir superíndices às médias que simplificam seu interpretação.
  8. Quando se utilizam transformações com o objetivo de validar o análise estatístico, existem variantes para a apresentação das médias.

    a) Informar as médias transformadas com seus correspondentes ES e as médias retransformadas.

    b) Incluir as médias e ES de dados retransformados e oferecer, além disso, as médias originais.

  9. Nas equações de regressão, incluir os ES.
  10. Nas figuras devem aparecer as unidades de medida e os elementos imprescindíveis.
  11. Nas curvas que representem equações de regressão, assinalar a dispersão dos dados em torno a elas.
 

Descarregue a Palmilha de Estilo para publicar em nossa Revista (Word)

http://payfo.ihatuey.cu/Revista/descargas/Plantillas_Revista/plantilla.doc

Envio de manucritos

Diretamente e por correio electrônico.

Os artigos devem-se enviar pelo correio electrônico às seguintes direções:

jesus.iglesias@indio.atenas.inf.cu ; marta.hernandez@indio.atenas.inf.cu

[Início] [Acerca da revista] [Corpo editorial] [Subscrição]


Licencia Creative Commons

Todo o conteúdo deste periódico, Pastos y Forrajes, está licenciado sob uma
Licença Creative Commons Reconocimiento-NoComercial-Compartir Igual 3.0 Unported.

Estación Experimental de Pastos y Forrajes  “Indio Hatuey”
Central España Republicana, CP 44280, Matanzas, Cuba
Tel.: 37 7482 o 37 7510


marta.hernandez@indio.atenas.inf.cu