SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.36 número4Percepción del estudiante del curso técnico en enfermería sobre la sistematización de la asistencia a la enfermeríaPolítica pública transcultural y factores no adherentes al TARGA del VIH-sida etnia Perú-Amazónica Kusu Pagata índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

  • No hay articulos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Revista Cubana de Enfermería

versión impresa ISSN 0864-0319versión On-line ISSN 1561-2961

Resumen

FERRAZ DOS ANJOS, Karla et al. Influência das práticas de educação em saúde nas responsabilidades de enfermeiros, agentes de saúde e cuidadores familiares no cuidado a idosos dependentes. Rev Cubana Enfermer [online]. 2020, vol.36, n.4, e3476.  Epub 01-Dic-2020. ISSN 0864-0319.

Introdução:

As práticas educativas em saúde tem potencial transformador no cotidiano das pessoas e os profissionais de saúde têm responsabilidades para com a sua concretização.

Objetivo:

Avaliar a influência de práticas educativas em saúde nas responsabilidades de enfermeiros, agentes comunitários de saúde e cuidadores familiares pelo cuidado do idoso dependente.

Métodos:

Estudo qualitativo, descritivo e exploratório, realizado em município da Bahia, com dois enfermeiros, oito agentes comunitários de saúde e seis cuidadores familiares de idosos que participaram de práticas educativas em saúde. Utilizou-se para coleta de dados questionário e roteiro de entrevista semiestruturados e análise a partir da Técnica da Configuração Triádica, Humanista-existencial-personalista.

Resultados:

As práticas educativas possibilitaram mudanças nas responsabilidades dos profissionais como na abordagem dos idosos, na atenção à saúde, na cobrança dos familiares pelo cuidado e na compreensão das dificuldades dos idosos e de suas famílias. Entre os cuidadores, houve modificações no cuidado, na aceitabilidade da condição de dependência do idoso e na busca de assistência à saúde.

Conclusão:

As práticas educativas favoreceram entre os participantes a aquisição de conhecimentos, empoderamento e influenciaram positivamente nas responsabilidades pelo cuidado do idoso, evidenciadas na realização de visitas domiciliares dos profissionais e na cobrança de cuidadores por atendimento domiciliar.

Palabras clave : envelhecimento; cuidadores; enfermeiros; agentes comunitários de saúde; educação.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Portugués