SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.24 número6Partos en los extremos. Aporte de dos Casos clínicosRepercusión de la corioamnionitis como factor de riesgo en la sepsis materna y neonatal temprana índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Revista

Articulo

Indicadores

  • No hay articulos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Multimed

versión On-line ISSN 1028-4818

Resumen

GAROZ FONSECA, José Enrique; GUERRERO TAMAYO, Pavel  y  LOPEZ PEDROSO, Raúl Braulio. Cisto ósseo solitário. Apresentação de um caso. Multimed [online]. 2020, vol.24, n.6, pp.1408-1416.  Epub 04-Nov-2020. ISSN 1028-4818.

Introdução:

o cisto ósseo solitário (CEC) é reconhecido há muitos anos como uma lesão benigna; é uma cavidade cheia de um líquido claro.

Caso clínico:

paciente do sexo masculino, 12 anos, relata que há dois anos sofreu uma queda de pé causando leve trauma no úmero direito, foi atendido com urgência na guarita com diagnóstico de fratura patológica do úmero direito devido a um cisto osso solitário. Foi tratado conservadoramente com tala de gesso em forma de U e úmero posterior com gesso Velpeaux por 2 meses. Após 1 ano o paciente chega porque apresenta dor discreta e aumento de volume na região ântero-externa do úmero direito sem descoloração. Exame Físico: Dor leve à palpação, aumento de volume e limitação dos movimentos de abdução e flexoextensão do braço direito.

Discussão:

foi indicada radiografia que evidenciou: Lesão metafisária bem definida, rádio lúcido, com córtex adelgaçado, cruzado por septos.

Conclusões:

foi diagnosticado um cisto ósseo solitário. O tratamento cirúrgico realizado foi raspagem e obturação com Hidroxiapatita.

Palabras clave : Fratura patológica; Úmero; Hidroxiapatita; Cistos ósseos.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )