SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.57 issue1Oral candidiasis in patients undergoing cancer chemotherapyKnowledge about oral cancer among dental patients from the National University of San Marcos author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

  • Have no cited articlesCited by SciELO

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Revista Cubana de Estomatología

Print version ISSN 0034-7507On-line version ISSN 1561-297X

Abstract

FRANCO FERNANDES, Ana Beatriz et al. Impacto do uso de próteses totais na qualidade de vida de idosos institucionalizados. Rev Cubana Estomatol [online]. 2020, vol.57, n.1, e2175.  Epub May 20, 2020. ISSN 0034-7507.

Introdução:

O uso de próteses totais tem impacto na qualidade de vida relacionada à saúde bucal e os idosos são uma parcela da população a ser pesquisada sob essa perspectiva.

Objetivo:

Avaliar a autopercepção do impacto do uso de próteses totais na qualidade de vida relacionada à saúde bucal de idosos institucionalizados.

Métodos:

Participaram 20 idosos do Lar dos Idosos Recanto do Tarumã, Curitiba, Paraná, Brasil. Foram avaliados aspectos demográficos, econômicos, de hábitos e clínicos, juntamente com aplicação do questionário Geriatric Oral Health Assessment Index. Os dados foram submetidos à análise descritiva e bivariada (Teste do Qui-Quadrado), com significância de 5 %.

Resultados:

A média de idade foi de 75,2 anos (DP= 8,8) e o tempo médio de uso de prótese foi de 27,9 anos (DP= 18,5). Renda inferior a um salário mínimo foi indicada por 80,0%, e visitas ao cirurgião-dentista pela última vez há mais de um ano, por 70,0 %. Os piores relatos foram referentes à mastigação, representados por problemas para mastigar alimentos e desconforto ao comer, com 25 % de respostas positivas em cada questão; a soma das frequências das respostas “às vezes” e “sempre” quanto à insatisfação ou à infelicidade com a aparência da boca foi reportada 60 % dos pesquisados. A retenção insatisfatória da prótese inferior se deu em 50,0 % casos, enquanto os problemas com oclusão estiveram presentes também em metade da amostra. Os defeitos estiveram presentes em 70,0 % das próteses superiores e 45,0 % das inferiores. Não foi encontrada associação significativa (p> 0,05) entre as variáveis independentes e o desfecho.

Conclusões:

Os idosos avaliados, independentemente das condições das próteses totais, relataram qualidade de vida relacionada à saúde bucal satisfatória.

Keywords : idoso; prótese dentária; saúde bucal; qualidade de vida.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese