SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.43 issue4Pediatric autopsiesSpermatic cord and scrotal tunica tumors author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Journal

Article

Indicators

  • Have no cited articlesCited by SciELO

Related links

  • Have no similar articlesSimilars in SciELO

Share


Revista Cubana de Medicina Militar

Print version ISSN 0138-6557

Abstract

DE LIZ, Carla Maria et al. Características ocupacionais e sociodemográficas relacionadas ao estresse percebido de policiais militares. Rev Cub Med Mil [online]. 2014, vol.43, n.4, pp.467-480. ISSN 0138-6557.

Introdução: no Brasil, o trabalho policial é considerado um dos mais estressantes, não apenas pela natureza das atividades realizadas, que envolvem alto risco, mas também pela sobrecarga de trabalho e pelas relações internas à corporação, cuja organização se fundamenta em hierarquia rígida e disciplina militar. Existem fatores relacionados ao estado biológico de saúde que são decorrentes do estado psicológico, das pressões ambientais e dos recursos econômicos que predispõe o policial ao estresse. Objetivo: comparar a percepção de estresse em policiais militares considerando as características ocupacionais e sociodemográficas destes. Método: participaram do estudo 86 policiais militares homens com idade média de 35 (±8,3) anos lotados em um Batalhão de Florianópolis/SC, Brasil. Foram utilizados os questionários: "Questionário para caracterização", "Questionário de Classificação Socioeconômica ABEP/2008", "Questionário dos Estágios para Mudança de Comportamento para o Exercício Físico" e a "Escala de Estresse Percebido (EEP)". Utilizou-se de análise descritiva e inferencial, adotando-se α de 0,05 (p<0,05). Resultados: maiores médias de estresse percebido foram verificadas em policiais insuficientemente ativos, nos que possuíam até 35 anos de idade, nos que já passaram por algum evento traumático na carreira e nos que atuam na área operacional. Conclusão: os policiais com até 35 anos de idade, que sofreram algum evento traumático na carreira, insuficientemente ativos, atuantes na área operacional e com qualidade de sono ruim apresentaram maiores níveis de estresse percebido. O estresse está relacionado à saúde psicológica e física dos indivíduos e sendo assim, intervenções visando o controle e/ou prevenção do estresse em policiais militares devem ser implementadas pelos batalhões.

Keywords : atividade física; percepção de estresse; policial militar; estresse no trabalho.

        · abstract in English | Spanish     · text in Portuguese     · Portuguese ( pdf )